PORTO ALEGRE, BRASIL: AFICHES – SEMANA DE AGITACIÓN POR LXS PRESXS ANARQUISTAS.

Porque vivimos en la contradicción de perder la libertad luchando por ella. Afiches por la Semana de agitación por Presxs Anarquistas. Porto Alegre.

Un esclavo puede volverse rebelde, un solo hombre, una sola mujer, pueden convertirse en un fuego devastador del orden de ser masacrados, que es la civilización, que diariamente destruye todo aquello por lo que vale la pena vivir.”

Alfredo Cóspito (palabras en el cartel de la semana de temblar por lxs presxs anarquistas).

Ante el enemigo, en nuestra vida diaria, en nuestra solidaridad, en construcción de nuestras complicidades y afinidades, en la elección entre gritar «muerte al Estado y viva la anarquía» y callar… estamos marcando nuestro paso por el mundo. Somos el peso de nuestras decisiones y vivimos en la contradicción de perder la libertad luchando por ella.

Cada compañero y compañera sobre el que cae una condena y no se rinde ni retrocede, marca en su paso por las cárceles la determinación anárquica y la lucha diaria por seguir siendo digno ante el enemigo. Afuera, lxs anarquistas no dejan solo a ningún guerrero. En esta interacción que pretende romper el aislamiento carcelario, recuperamos algunas de las palabras de los propios compañeros para hacerlas eco en las calles.

En la tiranía del encierro globalizado, la calle es uno de los espacios donde permanece el conflicto, donde se rompen las reglas, donde se da el ataque, donde son posibles las revueltas… Esa es la importancia de invadir tus muros con las palabras de quienes luchan contra todas las formas de dominación, con ellas abrimos las puertas para salir del encierro mental atrapado en la lógica estatal y el consuelo virtual, formas de poder entretejidas entre sí.

La Semana de Agitación de los Anarquistas de Presxs, iniciada en la década de 1920, con el descontento mundial contra el asesinato de Sacco y Vanzetti, es el momento de vigencia de la solidaridad combativa: A través de varias ondas que destellan en varios lugares, reafirmamos nuestra complicidad en la conspiración anárquica. contra la dominación, nuestra mano tierna para los compas y un puño cerrado para los enemigos.

Semana de Agitación por lxs Presxs Anarquistas 2020

Palabras de lxs compas en lxs afiches:


TRADUCCIÓN: ANARQUÍA


PORTO ALEGRE, BRASIL: CARTAZES – SEMANA DE AGITAÇÃO PELOS ANARQUISTAS PRESXS.

Porque vivemos na contradição de perder a liberdade lutando por ela Cartazes. Semana de agitação pelos Anarquistas Presxs. Porto Alegre.

«Um escravo pode se transformar num rebelde, um só homem, uma só mulher,
podem se transformar num incêndio devastador da ordem que se deseja
abater, que é a civilização, a qual dia a dia destrói tudo aquilo pelo
que vale a pena viver.»

Alfredo Cóspito (palavras no cartaz pela semana de agitação pelxs anarquistas presxs).

Diante do inimigo, no nosso dia a dia, no nosso agir solidário, na construção de nossas cumplicidades e afinidades, na escolha entre gritar «morte ao estado e que viva a anarquia» e calar… vamos marcando nosso passo pelo mundo. Somos o peso de nossas decisões, e vivemos na contradição de perder a liberdade lutando por ela.

Cada companheiro e companheira sobre quem cai uma condenação e não se rende nem recua, marca no seu passo pelas prisões a determinação anárquica e a luta cotidiana de se manter dignos diante do inimigo. Fora, xs anarquistas não deixam nenhum guerreiro só. Nessa interação que pretende quebrar o isolamento carcerário, recuperamos algumas das palavras dos próprios companheiros para fazê-las ecoar nas ruas.

Na tirania do encerro globalizado, a rua é um dos espaços onde o conflito permanece, onde as regras são quebradas, onde o ataque acontece, onde as revoltas são possíveis… Eis a importância de invadir seus muros com as palavras daqueles que lutam contra toda forma de dominação, com elas abrimos as portas para sair do encerro mental acurralado na lógica estatal e no consolo virtual, formas de poder engrenadas entre sim.

A Semana de Agitação pelos Anarquistas Presxs, inaugurada na década de 1920, nas agitações mundiais contra o assassinato de Sacco e Vanzetti, é o momento da vigência da solidariedade combativa: Através de diversos acenos que piscam em vários lugares, reafirmamos nossa cumplicidade na conspiração anárquica contra a dominação, nossa mão terna para os compas e o punho fechado para os inimigos.

Semana de Agitação pelos Anarquistas Presxs 2020

Palavras dos compas nos cartazes:

«O dia que não exista um só indivíduo (e não falo de lendas místicas)
capaz de resistir a mega-máquina autoritária, a liberdade de todxs
haverá morto… Somente seremos apêndices de um sistema que gera apenas
alienação perturbada.»
Gabriel Pombo Da Silva.

«Sabemos que a simples existência do Estado nos localiza em uma situação
de opressão, situação que é necessário combater e atacar se se têm por
horizonte a liberdade. Não pode ser de outro modo. E é nessa opção de
atacar onde vamos encontrando verdadeiros momentos de liberdade»
Francisco Solar

«É inegável que cada experiência de procura da liberdade vale a pena. Se
fazer cargo da própria existência com todas suas vitórias, derrotas,
alegrias e penas, é a experiência impagável que aquele que vive
submetido nunca poderá conhecer. Não se trata de se perguntar se valeu a
pena tentar fugir, pensar assim me condenaria a ser um eterno perdedor.
O primeiro passo de toda ação é o mais valioso, aquele que sempre será
um ganho.»
Joaquín Garcia.

«A dor é momentânea, o orgulho é para sempre»
Mônica Caballero,

«Um escravo pode se transformar num rebelde, um só homem, uma só mulher,
podem se transformar num incêndio devastador da ordem que se deseja
abater, que é a civilização, a qual dia a dia destrói tudo aquilo pelo
que vale a pena viver.»
Alfredo Cóspito

Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Anarquía.info

Anarquía.info